Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Fórmula 1
    Estados Unidos
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Stock Car
    Curitiba
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Brasileiro de Turismo
    Curitiba
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Mercedes-Benz Challenge
    Curitiba
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Brasileiro de Marcas
    Curitiba
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Mitsubishi Motorsports Sudeste
    Campos do Jordão

Noticias

24/07/2017
Fraga e Casagrande comemoram vitórias em Curvelo

Piloto da Cimed Racing Team larga na pole e administra a vantagem para vencer pela segunda vez no Circuito dos Cristais. Já Casagrande vence pela primeira vez na categoria

O domingo em Curvelo foi atípico para região central de Minas Gerais, já que esta foi a penas a segunda vez que a principal categoria do automobilismo brasileiro visitou a região. No entanto, um velho conhecido da torcida local mostrou que conhece bem as curvas do Circuito dos Cristais. Felipe Fraga, que havia largado na pole e vencido uma das corridas em Curvelo no ano passado, repetiu a dose e venceu a primeira corrida deste domingo (23/07). Daniel Serra e Ricardo Maurício completaram o pódio. Já a segunda prova foi dominada por Gabriel Casagrande, que conquistou sua primeira vitória na categoria, com Thiago Camilo em segundo e Átila Abreu em terceiro.

Com uma vitória e um quarto lugar, Fraga foi o piloto que mais pontos somou na etapa, com 44. A liderança segue nas mãos de Daniel Serra, que finalizou as provas na segunda e sexta posição e agora soma 178 pontos, contra 157 de Thiago Camilo.

Corrida 1

Felipe Fraga largou na pole position e controlou a vantagem sobre Daniel Serra para conquistar sua segunda vitória consecutiva na cidade localizada no interior de Minas Gerais e também a segunda na temporada 2017.

A largada aconteceu sem incidentes, com Felipe Fraga mantendo a liderança. Com o carro mais rápido que os demais, a única oportunidade para ultrapassá-lo seria na parada para reabastecimento. Apesar de Daniel Serra realizar o pit stop mais rápido que Fraga, não foi o suficiente para superar o vencedor da prova.

“Estou muito feliz, a equipe e eu precisávamos desse resultado e agora vamos tentar fazer uma segunda corrida boa para conquistar o maior número de pontos. A equipe fez um ótimo trabalho no final de semana”, destacou o atual campeão da principal categoria do automobilismo brasileiro após sua vitória.

Percebendo que Felipe Fraga estava mais rápido, Daniel Serra decidiu segurar a segunda colocação para somar mais pontos e ampliar a vantagem na liderança do campeonato. “Foi uma boa corrida, o carro estava bom, mas o Felipe Fraga fez ótimas relargadas após as entradas do carro de segurança. Foi bom manter a segunda colocação da corrida para somar pontos para o campeonato”, disse.

O principal duelo da prova foi entre Ricardo Maurício e Ricardo Zonta, que se alternaram na terceira colocação praticamente durante toda a corrida, com o primeiro levando a melhor após uma ultrapassagem a poucos metros da linha de chegada.

Veja como terminou a primeira corrida em Curvelo:

1. 40 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) - 41min56s996
2. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) - a 1s610
3. 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC)* - a 2s597
4. 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - a 2s607
5. 65 Max Wilson (RCM Motorsport) - a 5s548
6. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) - a 6s668
7. 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) - a 7s314
8. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) - a 7s679
9. 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Sports) - a 8s221
10. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) - a 8s468
11. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports) - a 8s813
12. 51 Átila Abreu (Shell Racing) - a 9s643
13. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - a 10s098
14. 18 Allam Khodair (Full Time Sports) - a 10s607
15. 5 Denis Navarro (Cimed Racing Team) - a 11s583
16. 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) - a 12s439
17. 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport) - a 12s999
18. 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car) - a 13s573
19. 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) - a 15s455
20. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) - a 16s515
21. 31 Marcio Campos (Blau Motorsport) - a 28s376
22. 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car) - a 31s419
23. 3 Bia Figueiredo (Full Time Academy) - a 1 volta
24. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) - a 1 volta
25. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) - a 6 voltas
26. 44 Betinho Valério (Hero Motorsport) - a 7 voltas
Não completaram 75% da corrida
27. 28 Galid Osman (Ipiranga Racing) - a 12 voltas
28. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 13 voltas
29. 70 Diego Nunes (Hero Motorsport) - a 24 voltas
30. 12 Lucas Foresti (Full Time Academy)
*Reposicionado por imagem
**Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas


Corrida 2

O Circuito dos Cristais ganhou mais um admirador. Depois do “dono da pista” Felipe Fraga vencer sua segunda prova em Curvelo na corrida 1, Gabriel Casagrande realizou seu sonho e conquistou sua primeira vitória na Stock Car na corrida que fechou a sexta etapa da principal categoria do automobilismo brasileiro na cidade mineira. Thiago Camilo e Átila Abreu completaram o pódio.

Após finalizar a primeira prova na décima colocação, o piloto da Vogel Motorsport largou na pole e administrou a vantagem sobre Thiago Camilo, que ultrapassou Rafael Suzuki logo na largada. Gabriel destacou as duas paradas para reabastecimento como ponto chave para a vitória. “Largar em primeiro é bom, mas chegar na gente é ainda melhor. Tive outras oportunidades de vencer a corrida, mas o carro me deixava na mão. Hoje não aconteceu, a equipe fez um trabalho espetacular nas duas paradas para reabastecimento. Tinha um ritmo muito bom, a conta do combustível estava no limite e não podia desperdiçar a oportunidade de vencer pela primeira vez”, vibrou o paranaense.

Thiago Camilo comemorou os pontos conquistados na etapa, mas acredita que tinha carro para vencer a segunda corrida em Curvelo. “Dentro da nossa estratégia almejávamos a primeira posição porque colocamos bastante combustível na primeira prova e acreditávamos que tínhamos uma vantagem sobre o Gabriel. Fomos lentos no pit stop e isso atrapalhou um pouco. Conseguimos reagir no final de semana e deixamos Curvelo com pontos que ainda me deixam próximo do Daniel Serra”, finalizou Camilo.

Veja como terminou a Corrida 2 em Curvelo:

1. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) - 30 voltas em 42min27s709
2. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) - a 2s448
3. 51 Átila Abreu (Shell Racing) - a 7s337
4. 40 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) - a 8s977
5. 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Sports) - a 10s224
6. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) - a 10s308
7. 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) - a 11s799
8. 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) - a 12s915
9. 65 Max Wilson (RCM Motorsport) - a 12s923
10. 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - a 13s183
11. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) - a 16s215
12. 5 Denis Navarro (Cimed Racing Team) - a 16s683
13. 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) - a 28s515
14. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 30s133
15. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) - a 33s158
16. 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car) - a 33s717
17. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - a 36s152
18. 44 Betinho Valério (Hero Motorsport) - a 41s118
19. 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport) - a 50s509
20. 3 Bia Figueiredo (Full Time Academy) - a 1min02s560
21. 28 Galid Osman (Ipiranga Racing) - a 1min02s835
22. 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) - a 1min07s610
23. 31 Marcio Campos (Blau Motorsport) - a 5 voltas
24. 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car) - a 7 voltas
Não completaram 75% da prova
25. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) - a 11 voltas
26. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) - a 11 voltas
27. 18 Allam Khodair (Full Time Sports) - a 12 voltas
28. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports)
29. 70 Diego Nunes (Hero Motorsport)
30. 12 Lucas Foresti (Full Time Academy)
**Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

Classificação do campeonato (5 primeiros):
1. Daniel Serra - 178
2. Thiago Camilo - 157
3. Max Wilson - 148
4. Átila Abreu - 136
5. Ricardo Maurício - 129

Crédito da foto: Fábio Davini/Vicar

Fonte: Assessoria de imprensa