Notícias

09 Dezembro 2019

Paulista Off-Road: uma final que teve de tudo um pouco

Taubaté foi sede da decisão do campeonato Paulista Off-Road, em um rali que teve quase quatro horas de duração.

Piso seco e batido que levantou poeira, poças de lama e terreno liso que fizeram os carros escorregarem. Por entre curvas, trechos de subidas e descidas e, diversos laços, pilotos e navegadores travaram uma das disputas mais acirradas da temporada 2019 do Paulista Off-Road. A sexta etapa do campeonato foi realizada neste último sábado (07), na cidade de Taubaté (SP) e definiu os campeões do ano. No grid, 71 carros nas categorias Super Máster, Graduados, Turismo, Turismo Light e Suzuki Off-Road. 

Foto: Haroldo Nogueira

O diretor geral do evento, Clayton Prado, desenhou uma planilha de 115 quilômetros, com 88 quilômetros navegados. Além de Taubaté, o roteiro passou pelo município de Caçapava Velha e utilizou as estradas de algumas fazendas de eucaliptos da região. O “grand finale” ficou por conta da famosa pista da CBA, que nesta etapa do Paulista, teve 62 cruzamentos e 50 minutos de prova. “Esbanjamos nos laços e pegadinhas e, com as médias justas de velocidade, pilotos e navegadores tiveram momentos de adrenalina para não errar o caminho e manter a média de velocidade exigida. Os navegadores não ficaram um segundo sequer sem cantar uma referência e os pilotos tiveram de ter muita habilidade nas manobras de curvas e retomadas de aceleração”, declarou Prado. 

Firmes e fortes na decisão

A largada do primeiro carro foi autorizada às 9h. A chuva ameaçou, mas no dia do rali, o Sol estralou forte e, em boa parte do percurso, o chão secou. Isso proporcionou um certame com diversos tipos de obstáculos e experiências diferentes a cada setor percorrido. 

“A prova estava técnica e rápida, com referências curtas e muitas mudanças de médias de velocidade e de direção (algo de 10 / 20 metros umas das outras). A parte na pista da CBA foi sensacional e separou os ‘homens dos meninos’”, contou o navegador César Pereira, que compete ao lado do piloto Marcio Agostinho. 

A sexta etapa da competição foi crucial para a definição do título, então, as equipes que estavam no páreo não mediram esforços para subir no lugar mais alto do pódio desta sexta etapa. Na categoria Super Máster, os vencedores foram Ednilso Leonel Borguezani e Marcos Evangelista, seguidos por Waldir Hudson Barbosa e Maria Eveli Giani Barbosa, e os irmão Marcos e Marcelo Bortoluz, em segundo e terceiro lugares, respectivamente. 

Na categoria Graduados, as meninas Paula Breves e Vilma Rafael ficaram em primeiro lugar, com Juliano Meira e Rafael Martin Benavides, na segunda posição, e Kleber Santana e Fernanda Santana, em terceiro. 

Pela Turismo, Amarildo Senke e Rodrigo Silva foram os melhores, seguidos bem de perto (com apenas um ponto de diferença), por Osvaldo Prezotto e Nathalia Graciano, na segunda posição, e Raul Damasio Perillo e Débora Luiz Gonçalves, em terceiro lugar. 

A dupla Paulo Silvestre Tavares e Elisabete Gomes Tavares foi a mais regular pela Turismo Light e, após três anos no off-road estreou no topo mais alto do pódio. “Há algum tempo buscamos esse resultado, e sempre batemos na trave. Mantivemos o foco, mudamos a forma de nos comunicarmos dentro da disputa e de como cantar a referência. Deu certo”, disse Elisabete. Na segunda posição, ficaram André Valdir Pantuzi e Renata Amaral Fonseca Pantuzi, e na terceira colocação, Roberto Rocha Dias e Diego Fabiano do Nascimento.

Pela primeira vez disputando o Paulista Off-Road, o piloto Fernando Watacabe e a navegadora Lívia Zignago fizeram uma estreia em grande estilo e já mandaram um recado para os concorrentes da categoria Suzuki Off-Road: eles venceram a etapa. “No começo, estávamos nervosos, pois a prova tem um ritmo diferente ao que estamos habituados. Neste campeonato, a ‘pegada’ é diferente”, salientou Watacabe. “Não esperávamos por esta vitória, já estaríamos satisfeitos se ficássemos entre os cinco melhores, mas sermos os primeiros foi incrível. A minha navegadora foi fundamental para conquistarmos esse resultado”, completou. Eles foram seguidos por José Eleutério da Fonseca e Eleutério de Moraes da Fonseca, em segundo, e Manuel Nunes e Eliane Nunes, em terceiro. 

E os campeões Paulista de 2019 são... 

Somados os pontos da sexta etapa, os campeões do campeonato Paulista Off-Road 2019 foram anunciados. Pela categoria Super Máster, os paranaenses Ednilso Leonel Borguezani e Marcos Evangelista levaram o troféu para casa. “Contamos com a sorte e competência da dupla. É bom estar em São Paulo, o pessoal daqui tem alto nível de competitividade. As provas do Paulista são excelentes, aprendemos bastante e, com isso, nós evoluímos e saímos da zona de conforto”, comemorou Evangelista. Os vice-campeões foram Waldir Hudson Barbosa e Maria Eveli Giani Barbosa. 

Na Graduados, soltaram o grito de campeão Juliano Meira e Rafael Martin Benavides. “Essa sensação é maravilhosa. Nós estudamos bastante durante o ano e com dedicação participamos de várias provas para adquirir experiência. Para 2020, novos desafios virão”, apontou o navegador Benavides. Os vice-campeões foram pai e filho, Almir e Marcelo Novaes. 

E por fim, o casal Daniel Manse e Mirella Kurata conquistou o título da categoria Turismo. “Depois de dez anos, finalmente, somos os vencedores de um campeonato, e de um evento que tanto amamos. Estamos felizes, porém, com aquele frio na barriga de entrar para uma categoria mais competitiva, pois agora subiremos para a Graduados”, disse Mirella. “Começamos a temporada focados e determinados a ganhar, fizemos todas as provas com muita concentração e atingimos o nosso objetivo”, completou Manse. Os vice-campeões foram Antonio Lourenço Piazentin e Jaqueline Urtado Piazentin. As categorias Turismo Light e Suzuki Off-Road não pontuam pelo campeonato. 

Fechada a temporada 2019 do Paulista Off-Road, o recesso será de três meses, com retorno às trilhas em 07 de março, com a primeira etapa do campeonato.  

Classificação – 6ª etapa

Taubaté (SP) 

Categoria Super Máster 

1º Ednilso Leonel Borguezani / Marcos Evangelista, 55 pontos

2º Waldir Hudson Barbosa / Maria Eveli Giani Barbosa, 48 pontos

3º Marcos Bortoluz / Marcelo Bortoluz, 43 pontos

4º Daniel Krabbe / Mônica Krabbe, 37 pontos

5º Fábio Rafael Fiorini / Alexandre Martinez, 35 pontos 

Categoria Graduados 

1º Paula Breves / Vilma Rafael, 50 pontos

2º Juliano Meira / Rafael Martin Benavides, 47 pontos

3º Kleber Santana / Fernanda Santana, 46 pontos

4º Miguel Sono / Rosi Vasconcelos, 39 pontos

5º Alexandre Lopes Chaves / Pedro Donizeti Della Coletta, 37 pontos 

Categoria Turismo 

1º Amarildo Senke / Rodrigo Silva, 45 pontos

2º Osvaldo Prezotto / Nathalia Graciano, 44 pontos

3º Raul Damasio Perillo / Débora Luiz Gonçalves, 32 pontos

4º Daniel Manse / Mirella Kurata, 32 pontos

5º Antonio Lourenço Piazentin / Jaqueline Urtado Piazentin, 31 pontos 

Categoria Turismo Light 

1º Paulo Silvestre Tavares / Elisabete Gomes Tavares, 1.587 pontos

2º André Valdir Pantuzi / Renata Amaral Fonseca Pantuzi, 2.584 pontos

3º Roberto Rocha Dias / Diego Fabiano do Nascimento, 4.307 pontos

4º Edmarcio Costa Borges / Renan Kwast, 5.809 pontos

5º Caio Cesar Fingolo / Carlos Henrique Fingolo Júnior, 7.403 pontos 

Suzuki Off-Road 

1º Fernando Watacabe / Lívia Zignago, 3.004 pontos

2º José Eleutério da Fonseca / Eleutério de Moraes da Fonseca, 5.377 pontos

3º Manuel Nunes / Eliane Nunes, 7.150 pontos

4º Bruno Izario / Nathia Marrafon, 7.925 pontos

5º José Francisco Del Bel Tune / Carlos Bresolin Júnior, 8.238 pontos 

 

Classificação geral – Paulista Off-Road 2019 

Categoria Super Máster 

Piloto 

1º Ednilso Leonel Borguezani, 233 pontos

2º Waldir Hudson Barbosa, 197 pontos

3º Marcos Bortoluz, 188 pontos

4º Daniel Krabbe, 169 pontos

5º José Eduardo Guerra, 162 pontos 

Categoria Super Máster 

Navegador 

1º Marcos Evangelista, 201 pontos

2º Maria Eveli Giani Barbosa, 197 pontos

3º Marcelo Bortoluz, 188 pontos

4º Mônica Krabbe, 169 pontos

5º Marcia Maria Esteves Guerra, 162 pontos 

Categoria Graduados 

Piloto 

1º Juliano Meira, 217 pontos

2º Amir Novaes, 202 pontos

3º Miguel Sono, 202 pontos

4º Alexandre Lopes Chaves, 195 pontos

5º Kleber Santana, 166 pontos 

Categoria Graduados

Navegador 

1º Rafael Martin Benavides, 217 pontos

2º Marcelo Novaes, 202 pontos

3º Rosi Vasconcelos, 202 pontos

4º Pedro Donizeti Della Coletta, 195 pontos

5º Fernanda Santana, 166 pontos 

Categoria Turismo

Piloto 

1º Daniel Manse, 251 pontos

2º Antonio Lourenço Piazentin, 208 pontos

3º Osvaldo Prezotto, 187 pontos

4º Amarildo Senke, 182 pontos

5º Reginaldo Rocha Lemos Júnior, 170 pontos 

Categoria Turismo 

Navegador 

1º Mirella Kurata, 251 pontos

2º Jaqueline Urtado Piazentin, 208 pontos

3º Rodrigo Silva, 182 pontos

4º Priscila Lucoves Martins Lemos, 170 pontos

5º Nathalia Graciano, 170 pontos 

Fonte: Assessoria de imprensa / Autor: Assessoria de Imprensa