Campeonato InternacionalCampeonato Mundial De Kart

Notícias

12 Agosto 2021

Speed Park define logística de importação e liberação alfandegária para o Mundial de Kart no Brasil

Plano logístico foi apresentado à Receita Federal do Aeroporto de Viracopos.

Ainda faltam quatro meses para o Campeonato Mundial de Kart no Brasil, mas o plano logístico já está totalmente definido para receber competidores do mundo todo. Os últimos detalhes foram definidos em reunião no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no dia 5 de agosto. Criada pelo time do Speed Park, sede da competição e organizador do evento, toda a operação logística já havia sido apresentada às equipes na Europa, durante etapa do Campeonato Europeu realizada em Sarno, na Itália.

Foto: Speed Park / Divulgação

Além das inúmeras tarefas necessárias para transportar o equipamento da Itália para o Brasil, fazem parte do plano questões como importação temporária, desembarque especializado, liberação alfandegária, entre outras. Isso sem contar que o compromisso da organização inclui mandar tudo de volta para a Europa.

Dada a complexidade da operação, no encontro de trabalho com a equipe do Speed Park participaram representantes das gerências Comercial e Operações de Carga do aeroporto, Receita Federal do Brasil, Royal Cargo (agente de cargas) e Rio Port (despachante aduaneiro).

Vale ressaltar que a equipe logística conta com a empresa Aprile Spa, correspondente europeu que fará todas as tratativas na origem.

Para os pilotos de equipes europeias, a logística internacional será tratada diretamente pelo Speed Park. Para tanto, todo o material precisa ser entregue no depósito em Milão até 20 de outubro próximo.

A Receita Federal do Brasil foi representada pelo delegado Fabiano Coelho e o delegado adjunto Camilo Cremonez. Pela equipe de cargas do Aeroporto Internacional de Viracopos, estiveram Marina Giffu e Ricardo Luize. A modalidade de importação definida é denominada Ata Carnet, mais eficiente e rápida para a liberação alfandegária de cargas de importação temporária.

Formado por Speed Park, Royal Cargo, Rio Port, Aprile Spa, Aeroporto Internacional de Viracopos e a Receita Federal, um grupo de trabalho passa a atuar no sentido de detalhar e executar a operação, assim como eliminar intercorrências que possas representar atrasos.

SERVIÇO:
Inscrições abertas no site e informações sobre o plano logístico no www.mundialdekart2021.com.br/teamsupport

Autor: Assessoria de Imprensa