Notícias

07 Setembro 2021

CBA 60 Anos - Mensagem do presidente

Confederação Brasileira de Automobilismo foi fundada em 7 de setembro de 1961.

Caras Amigas, Caros Amigos do Automobilismo,

É com alegria que me dirijo a todos, nesse feriado de 7 de setembro, para comemorar os 60 anos de nossa Confederação Brasileira de Automobilismo, fundada nesta data, em 1961.

Quando nossa gestão foi iniciada, em 15 de janeiro deste ano, a intenção era marcar essa data com um grande encontro festivo e de homenagens. Entretanto, como todos sabem, o momento atual ainda não é propício para isso, mas se Deus quiser, assim que for possível, queremos reunir e homenagear as pessoas que tanto fizeram e fazem pelo automobilismo.

Enquanto esse dia não chega, a verdade é que o automobilismo brasileiro não para, permanecendo firme na sua vocação de revelar talentos, desenvolver tecnologia, gerar negócios e criar milhares de empregos. É o trilhar de um caminho árduo desde a sua fundação.

Ao longo dessas seis décadas, com maior ou menor sucesso, todos os dirigentes que passaram pela CBA contribuíram para que fosse alcançado o estágio atual. Agora, o compromisso vital é preparar a entidade para o futuro, diante de tantos desafios que se apresentam, tenho o passado como modelo de desenvolvimento ou alerta para mudanças.

Por mais que a CBA tenha avançado nesse tempo todo, o automobilismo se desenvolve com maior velocidade a cada dia. É nosso desafio – diria mais, obrigação! – acompanhar essa evolução e oferecer as melhores ferramentas para que os profissionais da Confederação possam realizar esse trabalho da maneira mais eficiente possível.

A CBA tem por objetivo fomentar e regulamentar o esporte. Isso significa dizer que cabe a ela elaborar projetos, propagá-los e reunir parceiros para a execução. A entidade não é dona de autódromos, campeonatos ou equipes. Não há recursos para isso e nem é esse o seu papel estatutário. Entretanto, essa grande roda que é o automobilismo, verdadeiro setor da economia nacional, não giraria sem a CBA. É por esse motivo que não é uma organização estática, mas dinâmica na mesma medida do exigente automobilismo nacional.

As atenções da CBA estão focadas no presente, mas também no futuro e sem esquecer do passado. Estamos trabalhando nesse três frentes porque acredito piamente que uma coisa está associada a outra. Nosso projeto é simples, mas de responsabilidades muito grandes. Trabalhamos com todas as nossas forças para que o automobilismo se torne potência mundial, e isso só acontece se fizermos do presente um grande sucesso. Paralelamente a isso, pensamos desde já no automobilismo que será praticado por nossos filhos e netos, promovendo a criação de nova geração de esportistas e tornando o ingresso o mais acessível possível.

Observamos avanços em todas as nossas modalidades, alguns totalmente implantados, enquanto outros estão em fase de execução. No KARTISMO, estamos realizando o Campeonato do Nordeste de Kart e prestes a realizar o primeiro Mundial de Kart no Brasil. Isso sem falar no sucesso que foi a Copa Brasil, recentemente disputada, e o Brasileiro, que acontecerá em dezembro.

No âmbito da modalidade VELOCIDADE, o país voltará a ter uma forte categoria de monopostos já em 2022, com a introdução da F4 FIA, já projetando no futuro a volta da F3 FIA. A VELOCIDADE NA TERRA está iniciando uma nova era e passa a ter um promotor exclusivo. A ARRANCADA ganhará novo certame em breve, pois está sendo criado o Campeonato Norte-Nordeste de Arrancada.

O RALLY está vivendo uma fase de grande impulso, com novas categorias, aumento de concorrentes e maior diversidade de marcas nas competições. O retorno do Nordeste ao calendário nacional do automobilismo já tem data para acontecer, já em 2021. Anote na agenda: 23 de outubro. Nesta data, o Autódromo Internacional da Paraíba completará cinco anos e o presente da CBA será uma prova nacional. Logo daremos mais detalhes.

Por fim, saúdo todas as parcerias e os esforços conjuntos que permitem o crescimento do nosso esporte, ainda que em tempos de pandemia. O momento, sim, é de comemoração, mas também de muito, muito trabalho pela frente. Com a graça de Deus, estamos iniciando hoje os próximos 60 anos e mais e mais, pois o amor pelo automobilismo é o que nos move.

Fiquem com Deus!

Giovanni Guerra
Presidente da CBA

Autor: Presidência CBA