Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 17
  • DEZEMBRO / 2017
    Brasileiro de Drift
    Rio de Janeiro

Noticias

10/09/2016
Felipe Fraga vence a Corrida do Milhão da Stock Car

Piloto da Cimed Racing superou Rubens Barrichello ainda nas voltas iniciais, e não foi mais alcançado

Felipe Fraga venceu na manhã deste domingo (11) a oitava edição da Corrida do Milhão, sétima etapa da Stock Car disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O piloto da Cimed Racing superou Rubens Barrichello na sexta volta, e controlou a aproximação do representante da Medley/Full Time ao longo da prova, faturando sua primeira vitória na corrida mais importante da temporada.

O resultado permitiu ao paraense radicado em Tocantins ampliar a liderança na tabela de pontos do campeonato, após chegar a capital paulista com 21 pontos de frente. O time chefiado por Willian Lube, por sua vez, unificou os títulos da Stock Car, da Corrida de Duplas, conquistadas por Marcos Gomes, e o da Corrida do Milhão.

A segunda colocação ficou com Rubens Barrichello, que terminou apenas quatro décimos atrás do vencedor. O pódio foi completado por Valdeno Brito, com o carro da TMG Racing. Max Wilson completou em quarto, com o carro da Eurofarma RC, enquanto Allam Khodair, da Texaco/Full Time, fechou a prova na quinta posição.

A próxima etapa da Stock Car acontece daqui duas semanas, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR).

Confira como foi a Corrida do Milhão

Barrichello manteve a primeira colocação na largada, enquanto um toque fez com que Ricardo Maurício e Marcos Gomes rodassem na segunda perna do S do Senna, despencando para o final do grid. O acidente significou o fim de corrida para o atual campeão da Stock Car, já que a suspensão e seu carro quebrou no toque.

Quem se aproveitou foi Felipe Fraga, que assumiu a segunda colocação, seguido por Julio Campos, Ricardo Zonta e Valdeno Brito. Na terceira volta, Cacá Bueno, Thiago Camilo e Allam Khodair iniciaram um duelo pela sétima posição, com o pentacampeão levando a melhor sobre os rivais.

O dono do carro número 88 da Cimed Racing abriu temporada de caça à Barrichello, e conseguiu a ultrapassagem na sexta volta, tomando a liderança. Quem se aproveitou da disputa entre os dois líderes foi Campos, que reduziu a diferença para apenas 1s5 em relação a Fraga. Um pouco mais atrás, Cacá passou a pressionar Max Wilson pela sexta posição.

A partir da oitava volta, Fraga passou a abrir vantagem em relação a Barrichello, enquanto Campos passou a ser pressionado por Ricardo Zonta, sem permitir a ultrapassagem. O líder do campeonato abriu dois segundos em relação ao campeão de 2014 no complemento da 11ª passagem, mas Barrichello começar a descontar a diferença a partir deste momento.

Max Wilson se aproximou de Valdeno Brito e passou a atacá-lo pela quinta posição na 14ª volta, também sem conseguir a ultrapassagem. Mais atrás, Cacá Bueno – que errara momentos antes em uma disputa com Camilo – viu uma pequena parte da carenagem se desprender do carro, perdendo rendimento.

Sem conseguir acompanhar os líderes, Campos viu um pelotão se formar atrás dele. O piloto da C2 Axalta conseguiu manter a posição, mas viu Valdeno superar Zonta para tomar a quarta colocação. Max, que tentou uma manobra para superar o representante da Shell Racing, foi ultrapassado por Camilo. Na frente, Barrichello começou a pressionar Fraga pela liderança.

Restando sete minutos para o final da corrida, Zonta e Camilo se encontraram na entrada do S do Senna, mas conseguiram seguir na prova. Na abertura da 24ª volta, Valdeno finalmente conseguiu superar Campos, tomando a terceira posição. Barrichello seguiu pressionando Fraga, mas em momento algum teve condições de tentar a ultrapassagem, faturando a vitória.